Por Que Não Desceu E Não Abordou A Moto?

Adquirir Ou Alugar Imóvel A Maior Proposta Compra O Item ?

Fraude é a contravenção aplicada a quem vende imóvel penhorado. Para que pessoas compra, a pena é continuar sem o imóvel, visto que são raríssimos os casos em que a Justiça tem concedido ganho de razão a quem é vitimado por tal tipo de engodo. Pesquisar a “saúde” do imóvel pretendido é significativo, todavia a busca precisa deslocar-se além do Cartório de Registro. A “saúde” da moradia que se pretende comprar podes ser parcialmente verificada no Cartório de Registro de Imóveis correlato à localidade de localização do mesmo. Essa Procuração é, No Caso, Obrigatória? o que diz respeito ao imóvel estará lançado na matrícula, mas nem tudo a respeito do vendedor.

Advertisement

No contexto de uma compra segura, a certidão vintenária, com negativa de ônus (dívidas) atualizada, é de extrema gravidade. Este documento, fornecido pelo Cartório de Registro de Imóveis, informa a subsistência, ou não, de pendências, como hipoteca e ações judiciais, entre novas, nos últimos 20 anos. Contudo, nem sequer mesmo a certidão vintenária com negativa de ônus atualizada é totalmente eficiente. Em recente decisão, a Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TRT3) manteve decisão que ponderou nula a venda de um bem penhorado. Apesar de o consumidor alegasse ter agido de bacana-fé ao obter o imóvel, a decisão do TST alinhou-se às razões do Tribunal Regional do Serviço da 3.ª Localidade, Minas Gerais, que em um momento anterior julgara a venda nula.

Inclusive até quando o consumidor lesado tenha solicitado certidão vintenária atualizada, nela nada constaria, simplesmente porque, quando da compra, o imóvel ainda não havia sido penhorado. Fazia divisão de uma ação trabalhista que não fora julgada, relacionada não diretamente a quem vendeu, todavia ao teu antecessor. Casa Apartamento: Qual o preço Obter Um Imóvel o primeiro vendedor tinha clara intenção em desfazer-se do seu bem, prevendo futuros problemas.

Advertisement

Uma transação por meio de contrato especial de compra e venda - o chamado “contrato de gaveta”, que não tem valor jurídico. A grande prejudicada foi a terceira pessoa da cadeia sucessória (todos os que, direta ou indiretamente, foram ou são proprietárias de um imóvel), mesmo que a má fé tenha sido do salafrário que, descaradamente, livrou-se do “mico”.

  1. Vinte e oito Categorizando o PV como religião
  2. Severini Imóveis: Como Comprar Imóvel A Vista Com Segurança Gol zoom_out_map
  3. trinta “Uma batalha além dos limites! Goku contra Vegeta” O Terceiro Ataque treze de Dezembro de 1989
  4. O apartamento pode ser de fundos, ou te interessa só os de frente
  5. 4º Passo: a ocorrência jurídica do imóvel
  6. 10/06/2014 - 13h05 | DO “VALOR”

Até neste local, duas infos para anotar: não dispense a certidão vintenária, que pode não ser totalmente produtivo, porém ajuda, e muito; não faça “contrato de gaveta”. Ao vendedor, peça certidão negativa em todos os cartórios da cidade em que ele reside; identicamente, certidão negativa dos últimos dez anos, pra certificar eventuais protestos de títulos, fornecidas pelos Cartórios de Distribuição de Protestos.

Advertisement

No Fórum Central da cidade deve ser solicitada a certidão negativa (últimos dez anos) acerca de ação judicial, em andamento ou encerrada, por exemplo divórcio e briga de bens de herança. A certidão (dez anos) de ocorrência de ações trabalhistas tem que ser solicitada pela Justiça do Trabalho. Usualmente, tais documentos ficam a cargo de quem está vendendo o imóvel.

Share This Story

Get our newsletter